terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Peço desculpa pelo lapso

Por lapso, não comentei a votação que obtive na sondagem esmiuçada no texto anterior. Peço desculpa, mas a ocorrência tem a sua explicação: Dado que detesto falar de mim, a nível de subconsciente devo ter censurado qualquer forma de autopromoção, atitude que o consciente não conseguiu ultrapassar. Houve contudo quem não se conformasse. Apareceram logo duas reclamações, devidamente identificadas, no mail. Vou tentar corrigir a situação pela positiva e de forma sucinta.
24% = 122 sufrágios e o segundo lugar, eis factos que não deslustram ninguém. Pelo contrário. Considero que estão dentro das previsões mais optimistas, de quem não encomendou o sermão a nenhuma claque e está convencido de que os 122 votos recolhidos correspondem mesmo a outros tantos leitores. Sem "metralhagem", portanto. Isto porque tendo Tomar a dianteira 84 seguidores e uma audiência diária média entre 400 e 450 visitas, com picos superiores a 600, obter a confiança de princípio de um em cada quatro leitores fiéis, parece-me algo de razoável. Ou estarei equivocado?
Nestas condições, tendo em conta o cordão sentimental que me liga a esta nossa amada terra, bem como as promessas aqui feitas anteriormente, vejo-me na contingência de manter a disponibilidade para participar nas próximas autárquicas, nas minhas condições. Que são as seguintes: 1 - Não tenciono armar-me em cavaleiro da triste figura, lançando mais um movimento independente. Tomar precisa de unidade e não de fragmentação; 2 - Só aceitarei fazer parte de uma lista que lidere; 3 -  Essa lista terá de ser de uma formação ganhadora; 4 - O programa será o meu, com as naturais correcções provenientes do prévio debate; 5 - Caso nenhuma das formações ganhadoras me contacte, considero que não precisam da minha participação, daí retirando as consequências que entender, designadamente no que concerne às minhas obrigações de cidadania; 6 - Enquanto puder, não tenciono calar-me.
Eis quanto. Para memória futura.

5 comentários:

Duarte Feliz disse...

Antes de mais nada, um Feliz ano 2013 para todos os leitores deste blogg.
Nasci e vivi em Tomar, mas já não vivo nem em Tomar nem neste país faz alguns anos.
Sou uma pessoa licenciada e bem formada mas infelizmente não tenho o "dom" de escrever como muitos aqui escrevem e comentam.
Não trato ninguem por Dr., Prof., Eng., etc...
Cheguei a este blogg por mero acaso e acho triste a escrita tendenciosa do Antonio Rebelo e os ataques a nível pessoal ao Pedro Marques por parte de quem comenta...normal confundir a pessoa com o político, mas neste blogg é o cúmulo de quem não sabe separar a pessoa Pedro Marques e o político Pedro Marques.
O autor deste blogg menciona habilidades de quem andava a "perder tempo" em votar no Pedro Marques neste ultima sondagem para que o Pedro Marques ganhasse esta sondagem. Se a escrita do Antonio Rebelo já era mais do que tendenciosa, aqui está mais uma prova da escrita tendenciosa de António Rebelo.
Coincidência ou não, também reparei que o Antonio Rebelo num destes ultimos dias teve um aumento "astronómico" nesta votacão em pouco mais de 1h. Mas este pormenor já não referiu.
Por fim, como não sou dado a comentários aqui na internet, quero referir que só quem não conhece o Pedro Marques como pessoa é que pode escrever o que se escreve dele neste blogg, por parte do painel de comentadores aos artigos e do autor deste blogg, Antonio Rebelo.
Como político, Pedro Marques tem estado na oposicão desde 2005. Eu posso perguntar, quantos têm feito sido oposicão sem qualquer tipo de renumeracão e prejudicando não só a vida profissional mas também a vida privada e pessoal como tem feito o Pedro Marques nestes últimos 7/8 anos?? Não só a nivel local como a nivel nacional.
A resposta é: Ninguém.
E fico-me por aqui.

António Rebelo disse...

Permita-me que ache o seu comentário extremamente curioso, para não dizer outra coisa.
Sobre o "aumento "astronómico" num destes últimos dias" devo dizer-lhe que esse estilo vago já não pega. Faça o favor de especificar em que dia, de que horas até que horas, quantos votos. Não sabe, pois não? Então o melhor será abster-se de considerações fantasistas.
E a quantidade de coisas que o senhor sabe sobre Pedro Marques, apesar de estar a viver fora do país. É impressionante!
Desejo-lhe um feliz ano novo.

Ana Teles disse...

Boa noite,
subscrevo tudo o que o Duarte Feliz escreveu.
Sr. Antonio Rebelo, não é necessário viver em Tomar para saber a pessoa bondosa que é o Dr. Pedro Marques.

Um bom 2013 para todos os seguidores deste blogg tendencioso.

Ana Teles

António Rebelo disse...

Tem todo o direito de subscrever aquilo que entender. O que não significa que tenha razão.
Em contrapartida, acertou. Não é necessário viver em Tomar para saber uma quantidade de coisas. Mas só vivendo aqui se percebem outras e se tem o direito de votar. Como se costuma dizer nas mesas de jogo, "quem está de fora não racha lenha".
Porque será que os defensores de Pedro Marques não habitam no concelho?

Ana Teles disse...

Bom dia,
o Sr.Rebelo escreve como se fosse o dono da razão, pensando que sabe tudo e sobre todas as pessoas.
Eu nasci e vivo em Tomar.
Não sou a única pessoa a ter a mesma opinião sobre o Dr.Pedro Marques, como pessoa e como político.

O resto de um bom dia,

ANA T