segunda-feira, 19 de março de 2012

A TARDIA MAS AINDA ASSIM ÚTIL BRAVATA DE CARRÃO


Falando para a Rádio Hertz, Carlos Carrão ousou finalmente (já aconselhado pela nova CP do PSD?) assumir um tom desafiante face à oposição. Dado o seu feitio contido, semelhante jactância surge como uma mal assumida bravata, ainda assim muito útil no presente contexto. Após meses a encanar a perna à rã, vai sendo tempo de cada um dos três grupos do executivo esclarecer que jogo está mesmo disposto a jogar doravante. Chega de bivalências e outras ambiguidades. É chegada a hora da verdade.
Em termos de opinião pública, mais virada para as coisas do desporto, as palavras do agora presidente, que os tomarenses não elegeram para o cargo que ocupa, têm um mérito -encostam Pedro Marques às cordas. Porque a ninguém restam dúvidas: após o abandono de Fernando Oliveira e de António Rosa Dias, os IpT são apenas aquilo que Pedro Marques quer que sejam. Não têm táctica, não têm estratégia, não têm projecto político consequente, nem capacidade ou vontade para o elaborar. Se alguém tem dúvidas a tal respeito e respondendo antecipadamente à usual vitimização do ex-presidente, que acusa o autor destas linhas de perseguição pessoal, aconselha-se a consulta atenta do PDM tomarense.
Elaborado e aprovado durante as presidências de Pedro Marques, nunca passou de um nado morto inviável que até hoje ainda ninguém conseguiu alterar, tal é a disformidade. E no entanto foi parido por uma vasta equipa escolhida e liderada pelo então presidente independente eleito numa lista PS, e pela sua dilecta amiga, a depois celebérrima arquitecta Paula. Nessa época conhecida nos geralmente bem informados meios nabantinos como "arquiteta", muito antes da aprovação do Acordo Ortográfico, que veio suprimir as consoantes mudas.
O que não surpreende porque por essa mesma altura também já havia por estas bandas vários espectadores que eram outrossim espetadores, numa feliz antecipação do citado acordo. E ainda hoje as garrochas de então incomodam o lombo de alguns tomarenses. Prossigamos.
Perante o desafio carrónico, resta aos IpT ora encostados às cordas, escolher de uma vez por todas: Ou cuco, ou mocho! Ou há mesmo renúncia colectiva e vamos ter intercalares só para o executivo quanto antes. Ou não nos venham mais com cantilenas e ladaínhas para adormecer criancinhas. Tudo o que é demais parece mal!

9 comentários:

templario disse...

DE: Cantoneiro da Borda da Estrada (Nome: Fernando Rosa Marques - tomarense)

Fosse eu o Senhor Pedro Marques ( sinceramente, considero-o o melhor autarca tomarense, cujo capital de experiência não deve ser desprezado), e estabelecia de imediato um acordo lúcido e eficaz com o actual presidente de câmara (que não tendo sido eleito desfruta de toda a legitimidade democrática), em respeito para com os munícipes nabantinos e acabava de vez com a algazarra em prol de eleições antecipadas. Uma vez que não foram criadas alternativas sensatas que justifiquem essa solução, era assim que faria - nem olhava para trás.

Na minha opinião, o resultado eleitoral no interior do PSD local foi uma torpedeação ao sr. Carlos Carrão por parte de Miguel Relvas.
O Sr. Carlos Carrão, tomarense de gema, com o seu estilo próprio, devia merecer neste momento todo o apoio possível para cumprir da melhor maneira o mandato. Os tomarenses agradeciam.

É este o meu apelo ao Dr. Pedro Marques, contra jogadas pouco dignas que se vão manifestando. A política é uma coisa muito séria e a democracia deve ser imposta a muita casta de oportunistas. As comunidades, o povo, merecem e exigem-no.

Fosse eu o Sr. Carlos Carrão e não teria dúvidas em trabalhar também nesse sentido.
---------
P.S.: Julgo que são suficientes as minhas coordenadas pessoais de identificação neste blogue, como me foi exigido pelo Dr. Rebelo, ao recusar o meu último comentário, aconselhando-me a endereçar os meus "remoques" a Miguel Relvas pessoalmente, para o que me facultou por email o seu endereço eletrónico, bem como o do Sr. Carrão.

Agradeço a gentileza de mo ter comunicado por email, mas quero lembrar que a política é para debater no espaço público, e não no segredo de capelinhas. Cabe ao Dr. Rebelo decidir se me condenou à pena de Enermação em relação ao seu excelente blogue, cuja liberdade oferecida me tenho limitado a aproveitar.

O Dr. Rebelo "linchou-me" um comentário, talvez pela minha insolente grosseria de afastar a fala do seu uso "natural", o que indigna sempre todos os Duques de Cornualha.

Fala assim o Duque de Cornualha na peça de Shakespeare, "Rei Lear", referindo-se ao Conde Kent, fiel a Lear:

"DUQUR DE CORNUALHA - (...) Ele não sabe adular, ele! Sendo honesto e franco, tem de dizer a verdade; se é bem recebida, tanto melhor; se não o é, fica a franqueza. Conheço bem esta espécie de mariolas que, sob tal franqueza, escondem mais manhas e mais más intenções que vinte cortesãos insignificantes e mesureiros, que entretanto cumprem com o máximo escrúpulos os seus deveres"

CONDE KENT - Senhor, em boa e sincera verdade, com a permissão do vosso planeta, cuja influência, tal como a grinalda de fogo radioso na cintilante fronte de Febos...

DUQUE DE CORNUALHA - Que queres dizer com isso?

CONDE KENT - É para mudar a linguagem que tanto censurais. Sei não ser adulador, senhor meu: quem vos enganou com seu tom de franqueza era decerto um reles manteigueiro e isso, pela minha parte, não o serei, mesmo que pudesse vencer o vosso desfavor a ponto de me pedires para o ser".


Quis o destino... me ter formado com leituras destes "esquerdistas" clássicos, quiça "marxistas"..., como este de há 2.600 anos:

"Mas eles querem destruir as cidades com seus desacertos,

os cidadãos, pelas riquezas dominados,

e dos chefes do povo o espírito injusto, aos quais está reservado,

pela sua grande insolência muitas dores padecer,

pois não conseguem conter a sua ambição, nem nas presentes

venturas pôr ordem, na tranquilidade do banquete."

(SÓLON, primeiro Poeta Ático, Político, Legislador e Reformador")

Mais um esquerdista/radicalista..., com quem, à minha maneira, assim a esmo, fui construindo a minha postura de cidadão.

Mesureiros e manteigueiros....

jccorreia disse...

Caro Professor

Será que o PS local quer ir já para eleições? Por um lado via-se livre do tal vizinho de peso que cumpre o derradeiro mandato, mas ficaria com responsabilidade de ganhar . E tem candidato credível e com pernas para andar?Tirando a Anabela quem? E mesmo a senhora tem perdido muito tempo a dar trela a quem desmerece. Será capaz? Ou estamos perante outro flop?
Enfim! Muitas questões de resposta indefinida.
Podem apoiar uma figura como o senhor? Nao acredito! A ganância política fala mais alto.
Vamos ver se o Dr. P.Marques com a ajuda habitual nao tem uma passadeira estendida.Cruzes Canhoto!!!
Vejam lá que arranjam... Para pior já basta assim.
Vai ganhar o Carrão a menos que a Dona Rosa nem o trabalho de casa seja capaz de fazer!
E tinha alguma graça , nem sendo pior para Tomar face a luminárias anunciadas....

António Rebelo disse...

Estás a ver, amigo Fernando, que até era possível dizer o mesmo em registo educado e por isso publicável? Assim foste forçado a escrever duas vezes praticamente o mesmo. A primeira em linguagem rabelaisiana, a segunda em português cordato. O esquerdismo nada tem a ver com o assunto. Nota-se porém neste teu comentário que há muito não resides em Tomar nem frequentas os arcanos políticos nabantinos. Estás completamente fora de sintonia e ainda por cima desfocado.
Entretanto convém esclarecer, para evitar mal entendidos futuros, que o email que te indiquei não é o de Miguel Relvas, mas o da Assembleia Municipal de Tomar, a que ele felizmente continua a presidir.

jccorreia disse...

Há cantoneiros em Marte?

O Senhor Pedro Marques (como o senhor diz com a clássica alergia a Drs.) o melhor autarca tomarense?

O Professor Rebelo tem razão. O senhor pode nao ter vindo de Marte mas lá distraído anda com certeza.

Ou trata-se de uma variante de humor negro?

alexandre leal disse...

Amigo Rebelo
Acho excessivo o estilo utilizado nos ataques que fazem ao Carlos Carrão. Trata-se do Presidente de Câmara da
de Tomar.
Se em blogs ,etc poderei achar que há o recurso frequente a uma linguagem "pesada" mas habitual neste meio,considero inapropriado que vereadores ,politicos locais ,etc sejam muito deselegantes(leia-se)malcriados nas perorações que entendem fazer.
Ainda por cima ninguém de bom senso lhes reconhece qualquer mérito especial:uns já lá estiveram e será bom nem lembrar! Outros andam atolados na política do burgo há anos e ninguém lhes viu qualquer rasgo diferenciador.Entao qual a razão de tanta agressividade? Os senhores vereadores da oposição acham-se melhores que o presidente?Mas por alguma razão plausível ou só porque sim. Como as crianças.
Sejam crescidinhos a aproveitem a oportunidade. Aceitem o desafio que o Presidente Carrão lhes fez: se acham que será melhor para Tomar forcem eleições!
Se se acobardarem talvez seja altura de trabalharem mais e falarem menos.

Pata Brava Tomarense disse...

Se quem tem um curso superior. Se quem sempre gostou de negócios. Se quem nunca exerceu a profissão na ordem em que está inscrito com dedicação e competência. Se quem aproveitou o cargo político que ocupou para granjear património imobiliário. Se quem ainda se arrasta pelas reuniões camarárias e conferências de imprensa com os seus serviçais macambúzios atrelados. Se quem ainda usa (sem se aperceber que já não tem influência nenhuma) a sua figura do passado e o seu lugar político actual para tentar extrair proveitos pessoais e profissionais. Se quem não respeita o pensamento dos outros. Se quem é prepotente, déspota e teimoso. Se quem é do passado e nunca deixou alguém mais novo pelo menos tentar ser alguém na política tomarense. Se essa pessoa tiver um nome quem será? Professor Rebelo avance para a Câmara pois o senhor, apesar da sua idade, que é uma vantagem para a nossa colectividade na medida em que o senhor é muito lúcido (o senhor acima não tem um discurso coerente pois quando fala é de uma forma atabalhoada e sempre foi assim mas os tomarenses parece que andaram a dormir), escreve muito bem (o senhor acima não sabe escrever bem), é corajoso (o senhor acima também é sem dúvida depois de tudo o que fez para si próprio), tem ideias que deseja implementar rapidamente e conscientemente (o senhor acima é um vazio de ideias conscientes e as que diz ter são duma inconsciência atroz), é uma pessoa que vive em paz (o senhor acima acredite no que lhe digo não vive em paz), gosta de nós (o senhor acima gosta dele, dele, dele e depois da família) e tem uma característica rara que lhe admiro em relação ao senhor acima descrito: É HONESTO!
Senhor Professor nunca se deixe “vender” como o senhor acima que (não sei se se apercebeu) anda sempre a tentar “vender-se” ao PS e ao PSD. Estou consigo mesmo que anonimamente. Disso pode ter a certeza pois tirar Tomar dos dinossauros é necessário já. O Professor Rebelo, o Sr. João recém-eleito do PSD, o Sr. Hugo do PS (é um arrogante, não gosto dele sem o conhecer mas é uma mais-valia com certeza), aquele Sr. Paulo do BE (rapaz humilde), a Senhora Sílvia da CDU (porque é mulher minha congénere) e outras e outros. Do passado já sabemos quem são e apesar de ainda jovens têm muitos vícios pois cedo vivem na e da política. Cumprimentos Professor Rebelo e viva a nossa terra que tem sido tão mal tratada nos últimos 25 anos. Avance por favor!

templario disse...

DE: Cantoneiro da Borda da Estrada

Senhor JCCORREIA,

Alergia a doutores?! Não diga isso! Critique-me à vontade. Mas essa não casa mesmo nada comigo.

Uma das grandes conquistas da democracia portuguesa, perticularmente nos últimos anos, foi o elevado número de doutores que as nossas universidades pariram. E ainda são poucos. E isso enche-me de orgulho como português.

Respeito muito e aplaudo o Conhecimento, os seus detentores, pese embora o meu ser pouco.

Uma das várias razões porque me tornei apoiante dos anteriores governos de J.Sócrates, foi o progresso que nessa área se fez, da responsabilidade direta de um excelente ministro, Mariano Gago.

jccorreia disse...

Sr. Cantoneiro

O sr. é um brincalhão ! Não misture: uma coisa é o Professor Mariano Gago outra , bem diferente, é o inanarrável Zézito com tudo o que se sabe e o que faltará saber , mais a fabulosa máquina de propaganda paga por milhões de otários (eu e o senhor também somos vítimas).
Só falta ser entronizado como paladino da investigação e literácia.Acorde!
E não goze com o pagode espoliado por esse cromo.

alexandre leal disse...

Quando no século XXI ainda há quem chame "doutores" ,por extenso, a simples licenciados(alguns ao domingo e em universidades em que a letra pequena é de propósito)e , como era previsivel, elogie a formação por atacado que se deu neste País, a correr atrás das estatisticas mas com pouca preocupação de qualidade, estamos conversados.
As mesuras ao Engº(?) Sócrates enquadram-se no logro.
Admito que não haja má fé mas apenas ignorância.
Mas faz pena.
Com os meus pedidos de desculpa e cumprimentos.