sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Eis a triste situação

Le Monde, 21/11/2012, página 3

Este mapa mostra o estado financeiro da Zona euro. Os países com menos dificuldade estão a azul escuro e são cinco: Alemanha, Áustria, Finlândia, Holanda e Luxemburgo. Excepto a Finlândia, têm uma bolinha preta, a indicar que as perspectivas são negativas.
Portugal está na parte inferior do meio da tabela, com a classificação Ba3, enquanto que a Irlanda tem Ba1. O que significa que os irlandeses estão no topo e nós na base da categoria. Ambos os países têm perspectivas negativas.
Pior do que nós só os gregos, com C, mas ainda assim sem perspectivas negativas. A situação deles é tão má que já não pode piorar. Enquanto que a nossa...
Isto promete!

3 comentários:

templario disse...

DE: Cantoneiro da Borda da Estrada

Tudo por culpa de José Sócrates. A crise económica em Portugal causada pelas governações de José Sócrates, alastrou a toda a Europa. E, no dizer dos especialistas, ameaça seriamente a própria Alemanha.

José Sócrates, o que no last minute conseguiu um acordo com a UE, salvando a nossa honra e dignidade. O famoso PEC IV. Em quantos pecs já vamos desde 5 de Junho de 2011? E quanto a resultados...?

As elites portuguesas (dextras e sextras), tradicionais bandos destruidores, e os seus apaniguados no seio do povo, têm contas a prestar ao povo português.

Agora convém enumerar os países em crise e a sua dimensão.

A isto chama-se rélis hipocrisia.

Ora,um País como o nosso e um povo como o nosso merece mais respeitinho.

Há contas por ajustar.

templario disse...

DE: Cantoneiro da Borda da Estrada

Do blogue CÂMARA CORPORATIVA,que nunca ninguém desmente, e onde até os partidos e a imprensa vão beber (cito aqui por ser de interesse público):

«Depois de já renegociado com a troika, o limite fixado para o défice orçamental em 2012 é de nove mil milhões de euros. No mês de Outubro, o défice agravou-se mais 2,576 mil milhões euros do que o valor registado em Setembro. Assim, o défice até Outubro atingiu 8,145 mil milhões de euros, pelo que em Novembro e Dezembro o défice o défice não poderá agravar-se mais do que 855 milhões de euros. Com um Dezembro sem Natal, os ventos não correm de feição para o "muito impressionante" Gaspar.

A dúvida é: Vítor Gaspar vai levar o país a estatelar-se no final deste ano ou no 1.º trimestre de 2013?"»
- Dados recolhidos da DGOrçamento.

Isto está lindo!

Não está nada lindo! Isto é uma tragédia!

tomarense d disse...

E que grande tragédia!!!
A europa segundo rezam as noticias já entrou em recessão...
Isto devagar, devagarinho lá vai indo em direcção ao Abismo e ao provável confronto militar na Europa e quiça no mundo.
Quando as cabecinhas não dão mais é assim!!
E tem esta gente certificado universitário!!??- Se calhar ali na faculdade de carregueiros