quarta-feira, 4 de novembro de 2009

ÚLTIMA HORA - ATENÇÃO ELEITOS DE S. JOÃO !

Na sequência do aqui publicado ontem, há a assinalar duas reacções importantes. Cerca das 11 da manhã de hoje, o senhor vereador Luís Ferreira escreveu no seu twitter e no vamos por aqui "Espero sinceramente que na freguesia onde sou eleitor os autarcas consigam encontrar soluções de governabilidade. S. João merece." Nestas condições, ou o mentor/motor/ideólogo do PS/Tomar é um monumento de cinismo político, o que não quero crer, ou os eleitos socialistas de S. João Baptista estão agora dispostos a apoiar uma solução negociada. Creio nesta segunda hipótese, tanto mais que -segunda reacção importante- um nosso leitor anónimo assinalou que o senhor Augusto Barros (nenhuma relação familiar ou outra com Sebastião Barros) é um homem bom e sem ratice política, porque se assim não fosse começava a bater com a língua nos dentes e ia ser um caso sério nas hostes sociais-democratas. (Ver comentário de hoje às 9:53, no escrito S. João: os extremos tocam-se) Sendo assim, "Homem prevenido vale por dois." Se não forem os socialistas serão certamente os do PSD a vergar-se, forçados pelas circunstâncias. A vida custa a todos, embora mais a uns que a outros.

4 comentários:

Anónimo disse...

Quem ganha a freguesia deve governar, embora com maioria partilhada em função dos resultados eleitorais!

Neste caso Augusto + dois IpT e + 2PSD (ou 1PSD+1PS) por ele escolhidos. Assim sim!

Quem alterou (e bem) a Lei esqueceu-se de lhe dar expressão na prática.

Se o legislador fosse competente evitava estes "romances de cordel".

Alfredo M B Caiano Silvestre disse...

Boa tarde.

Hoje consegui mais um bocadito de tempo de leitura destas coisas e não quero deixar de agradecer a amabilidade do autor que prontamente disponibilizou um informe sobre a situação em S. João.

Uma outra nota é sobre o comentário anónimo de 4 de Novembro de 2009 9:53 e onde se afirma, e cito "A sorte deles é que o Sr. Augusto é um Homem bom, de boa fé, sem maldade, sem ratice política." tendo antes afirmado, e torno a citar "Os Eng. Acácio e Xico Madureira que se cuidem, pois podem ter problemas graves, até com a justiça!"

Em meu entender, modesto que a inteligência é pouca e o saber nenhum, aí está um comentário que só pode ser feito por um anónimo.

Três coelhos de uma cajadada só!

Como pode o Sr. Augusto ser "um Homem grande", assim mesmo com H maiúsculo, se sabe ("e este "abre o saco"", infere-se que sabe e sabe muito) que o Eng Acácio e o Eng. Francisco Madureira tiveram comportamentos e/ou procedimentos que os podem colocar com, e torno a citar, "problemas graves, até com a justiça!".

A ser verdade, e creio que não é pois que se trata de comentário só possível de ser feito com o estatuto de anónimo irresponsável, aqui teríamos caso para que fossem investigados os três autarcas, pois como diz o nosso povo, e bem, "tão ladrão é aquele que vai à vinha quanto aquele que fica à porta."

E como pode alguém, considerar alguém "um Homem grande" se o "sabe" conhecedor e cúmplice de tramóias tão graves que acha que podem dar origem a problemas graves com a justiça? Só a falta de qualidade da nossa "classe política" e a generalizada aceitação das irregularidades e do "faz ele bem, se puder amanha-se", permite este "embotamento" do sentido crítico.

Até um dia destes e façam o favor de ser felizes.

Anónimo disse...

Que raio... Isto das juntas também dá benefícios próprios?
O que é que se ganha? É assim tão bom?
Irra, que este país está mesmo a saque. Será que ninguém escapa?

A Mosca

Pensamentos soltos disse...

Se não é vaca é carneiro, algum tem de assumir. Na minha terra ouvia-se dizer, quando uns não querem estão outros desertos, só não sei porquê tanta coisa, sigam o efeito "pratico" da cãmara, não custa nada.